Blog
Lojas Donna 17 de setembro de 2021

Como você tem cuidado de você?

Estamos no Setembro Amarelo, o mês mundial de combate ao suicídio. E para falar de um tema tão importante, trouxemos algumas dias que podem ajudar a melhorar nossa qualidade de vida e bem-estar.

Faça exercícios físicos regulares

Você sabia que os exercícios físicos trazem inúmeros benefícios à saúde? Além de tonificar os músculos, os exercícios melhoram a capacidade respiratória, nos tiram da rotina e estimulam a liberação de hormônios da felicidade.

Mas, não é só na academia que encontramos essa fonte inesgotável de prazer. Com a orientação de um profissional, você pode praticar exercícios até em casa.

E se a vida estiver muito agitada e estressante, experimente atividades como Yoga e Meditação, pois ambas ajudam a trazer a mente para o momento presente, interrompendo ciclos de preocupação.

Também não tem exercício mais simples e econômico que uma boa caminhada. Andar de modo regular controla a pressão, diabetes, protege contra demência e ainda emagrece. E não precisa se preocupar em ir até um parque ou investir em uma esteira, pois você pode mudar alguns hábitos simples, como deixar o carro em casa e ir até o supermercado a pé. Começar a caminhar é o início de um círculo vicioso. Quanto mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando.

 

Tenha uma alimentação equilibrada

 Muita gente não sabe, mas a nossa alimentação está altamente relacionada com o estresse e a ansiedade. Isso porque alguns alimentos – como comidas com muito sódio, açúcar, gordura e aditivos artificiais – aumentam diretamente os níveis de cortisol. Toda vez que você fica ansioso, seu organismo libera esse hormônio, pois nosso cérebro entende que estamos sob ameaça.

Por outro lado, uma dieta rica em vitaminas, fibras e proteínas magras contribuem para diminuir níveis de inflamação do corpo, diminuindo a agitação e o esgotamento.

O ideal é sempre buscar ajuda de um nutricionista para montar o plano alimentar que mais combina com você. E quando der aquela vontade louca de comer doces, não sofra não. Coma um pedacinho e seja feliz, afinal, tudo que é feito de maneira equilibrada faz bem!

Se está em dúvida como deixar a alimentação da sua família mais equilibrada e nutritiva, aposte nos pratos coloridos, com legumes, folhas e frutas. Além de ficarem super atraentes, a diversidade de alimentos vai assegurar a ingestão das vitaminas e minerais necessários à saúde.

 

Aproxime-se da natureza

Prefere praia ou campo? Escolha um deles ou os dois. Em tempos de isolamento social, sair para descansar e respirar ar fresco fará muito bem. Afinal, a quarentena, o medo da infecção, as perdas afetivas e o agravamento financeiro são fatores que causam vários efeitos negativos no psicológico das pessoas.

Estar em contato com a natureza pode promover um significativo aumento na sensação de bem-estar, melhorar o humor e aliviar os sintomas de depressão, ansiedade e estresse. Além disso, é uma boa hora para reunir a família para um piquenique, molhar os pés na água do mar, um bom mergulho de cachoeira ou uma deliciosa caminhada entre as árvores. Toda essa conexão faz bem para o nosso organismo e muito mais para a nossa mente, pois o contato com a natureza libera energias positivas e estimula a sensação de relaxamento.

Se você mora em apartamento, descubra um lugar perto para fazer caminhadas. Pode ser uma região mais arborizada ou um parque. Sentir o vento e sol no rosto já trazem uma enorme sensação de prazer e satisfação. Se você mora em casa com quintal, aproveite para tirar uma hora do dia para relaxar, pisar na grama descalça, mexer com as plantas e flores. Procurar se cercar ao máximo de natureza é ótimo para a saúde em todas as idades.

Durma bem

Uma boa noite de sono é o sonho de toda mulher, principalmente daquelas que já são mães. Embora nem sempre dormir bastante seja uma opção, ainda sim, mudar alguns comportamentos podem elevar a qualidade do sono, permitindo dias com mais energias e disposição.

Isso porque dormir pouco ou ficar sem dormir pode causar danos imensos na saúde, prejudicando o pensamento e a regulação emocional, estimulando pensamentos negativos repetitivos.

Para melhor a qualidade das suas noites, em primeiro lugar, evite a ingestão de cafeína e outros estimulantes até mesmo durante o dia. Crie um ritual noturno, vá desligando as luzes algumas horas antes de dormir, evite usar aparelhos eletrônicos, leia livros, tome um banho quente e faça exercícios de meditação e relaxamento. Se ainda sim o sono não vier, procure a ajuda de um profissional.

 

Aproxime-se das pessoas

Muitas pessoas não encaram o fato de ficarem isoladas durante a pandemia como um problema. Mas, algumas, mesmo partilhando a casa com seus familiares, têm uma sensação de abandono e solidão. Esses sentimentos negativos podem causar problemas psicológicos como depressão e ansiedade.

Por isso, é tão importante mantermos contato com aquelas pessoas que nos fazem bem e tanto amamos. Mas, se o distanciamento social não permite encontros presenciais, explore as facilidades que a tecnologia oferece e encontre os amigos e parentes nas salas de papo-papos, videochamadas ou quem sabe traga de novo a antiga e gostosa forma de se comunicar através de cartas e emails. Em breve poderemos todos nos abraçar novamente e brindar muito a alegria de estar juntos de quem amamos.

 

Busque ajuda quando precisar

 Não se culpe se perceber que suas emoções estão afloradas. Procure um profissional para ajudá-lo a encontrar as causas do seu desconforto. E em tempos de pandemia, muitos estão realizando o atendimento de forma on-line.  E lembre-se, “Mens sana in corpore sano” (Mente sã em corpo são) significa encontrar o equilíbrio entre uma mente positiva e um corpo saudável. Por isso cuide-se!